sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Referendo aprova eutanásia na Nova Zelândia

 

lei, que foi aprovada em 13 de novembro de 2019 no Parlamento, com previsão de que fosse aprovada em referendo, entrará em vigor a 6 de novembro de 2021 na Nova Zelândia, país onde quase metade dos habitantes se declaram não religiosos e mais de um terço são cristãos.

A partir de novembro, um médico poderá administrar um medicamento letal a um adulto que tenha, no máximo, um prazo de seis meses de vida e seja vítima de uma doença terminal insuportável, desde que o paciente tenha feito o pedido de forma consciente e voluntária, explica a agência Efe.

A Nova Zelândia “será mais gentil, mais compassiva e uma sociedade mais humana. Milhares de neozelandeses que enfrentam mortes horríveis terão escolha, dignidade, controlo e autonomia sobre os seus próprios corpos, sob a proteção da lei”, escreveu no Facebook o líder do partido ACT, David Seymour, que apoiou a medida.

Neste referendo, 33,8 por cento manifestaram-se contra a eutanásia, visto que muitos consideraram que não havia salvaguardas suficientes para evitar pressões contra os doentes terminais ou tempo suficiente para reflexão entre a tomada de decisão e o concluir do processo.

Embora a eutanásia seja legal noutros países, a Nova Zelândia é o primeiro a aprová-la por referendo.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Voos de Portugal já podem entrar sem restrições na Suíça

 

A Suiça decidiu levantar hoje as restrições à entrada de pessoas provenientes da maior parte de países e regiões que constavam da sua lista negra, incluindo Portugal.

Agora, os nacionais ou viajantes provenientes desses países deixam de ter de cumprir uma quarentena de 10 dias à chegada, sob pena de uma multa de dez mil francos suíços (9.350 euros).

Para decidir se um Estado ou uma zona apresenta um risco elevado de infeção, consideram-se as novas infeções por 100 mil pessoas nos últimos 14 dias.

Se a incidência no país em causa exceder em pelo menos 60 a da Suíça — mais de 760 por 100 mil habitantes, segundo os números mais recentes -, o país é inscrito na lista negra.

A partir de hoje, dia 29 de outubro, “e com uma duração indeterminada”, as discotecas e as casas noturnas estão fechadas, ao passo que restaurantes e bares fecham às 23:00.

Todas as manifestações com mais de 50 pessoas e todas as atividades desportivas e culturais não profissionais com mais de 15 pessoas são proibidas.

A Suíça vai também autorizar a partir de 02 de novembro a realização de testes rápidos.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Hoje é o Dia Mundial da Terceira Idade

 O Dia Mundial da Terceira Idade celebra-se a 28 de outubro.

Este dia pretende chamar a atenção para a situação económica e social da população idosa. As pessoas mais idosas são as que passam mais tempo sozinhas. Muitos idosos vivem em carência económica e isolados dos seus familiares, ao abandono, em lares de terceira idade ou em casa.

Os idosos são pilares no seio da família, eles são responsáveis pela transmissão de valores e de conhecimentos aos mais novos, funcionando como um ponto de equilíbrio familiar, ajudando à criação dos mais novos da família.

Neste Dia Mundial da Terceira Idade, o destaque vai todo para os idosos, com a realização de atividades como encontros de idosos e crianças, colóquios sobre problemas dos idosos como maus-tratos, entre outras iniciativas.

Portugal é o terceiro país da União Europeia em rácio de idosos para jovens, só superado por Itália e Alemanha.

Portugal é o terceiro país da União em rácio de idosos para jovens: 153 idosos para cada 100 jovens, só superado por Itália e Alemanha.

Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

terça-feira, 27 de outubro de 2020

Uso obrigatório de máscara entra em vigor amanhã!

 

Foi publicado o decreto-lei que obriga o uso de máscara nos espaços e vias públicas sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável.

O diploma entra em vigor na quarta-feira, dia 28 de outubro. Quer isto dizer que a partir de amanhã e durante os próximos 70 dias os cidadãos serão obrigados a utilizar máscara na rua – caso não consigam garantir o devido distanciamento – em virtude de se evitar a propagação da Covid-19. 

“A presente lei determina, a título excecional, a obrigatoriedade do uso de máscara para o acesso, circulação ou permanência nos espaços e vias públicas”, pode ler-se no diploma. “É obrigatório o uso de máscara por pessoas com idade a partir dos 10 anos para o acesso, circulação ou permanência nos espaços e vias públicas sempre que o distanciamento físico recomendado pelas autoridades de saúde se mostre impraticável”, determina a lei. 

O decreto-lei aplica-se em todo o território nacional e foi publicado depois de o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ter promulgado o diploma da Assembleia da República na segunda-feira. 

Com a publicação esta terça-feira em Diário da República e entrada em vigor no dia 28 de outubro, a obrigatoriedade manter-se-á até 5 de janeiro. “A presente lei vigora pelo período de 70 dias a contar da data da sua entrada em vigor, e é avaliada, quanto à necessidade da sua renovação, no final desse período”, estabelece o diploma. 

As exceções previstas na lei para esta obrigatoriedade são as seguintes: 

a) Mediante a apresentação:

  • De atestado médico de incapacidade multiusos ou de declaração médica, no caso de se tratar de pessoas com deficiência cognitiva, do desenvolvimento e perturbações psíquicas;
  • De declaração médica que ateste que a condição clínica da pessoa não se coaduna com o uso de máscaras;

b) Quando o uso de máscara seja incompatível com a natureza das atividades que as pessoas se encontrem a realizar;

c) Em relação a pessoas que integrem o mesmo agregado familiar, quando não se encontrem na proximidade de terceiros.

Quanto à fiscalização, a mesma ficará à responsabilidade das forças de segurança e das polícias municipais, “cabendo-lhes, prioritariamente, uma função de sensibilização e pedagogia para a importância da utilização de máscara em espaços e vias públicas quando não seja possível manter a distância social”, pode ler-se no diploma. 


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

segunda-feira, 26 de outubro de 2020

EUA cancelam vacinação prioritária dos Pais Natais

 

campanha criada nos EUA para vacinar os Pais Natais, foi cancelada.

Em troca do acesso prioritário à vacina, os Pais Natais, Mães Natais e elfos deviam promovê-la publicamente. Este plano fazia parte de uma campanha de 250 milhões de dólares (cerca de 210 milhões de euros) para conquistar o apoio de celebridades para apoiar a inoculação assim que a vacina for aprovada.

O Departamento de Saúde e de Serviços Humanos já confirmou que este plano existiu ao The New York Times. Mas ressalvou que Alex Azar, secretário da Saúde norte-americano, “não tinha conhecimento” do mesmo.

O presidente da Ordem Fraternal dos Pais Natais com Barbas Reais, Ric Erwin, considerou a notícia do cancelamento do plano de vacinação prioritárias aos Pais Natais como “extremamente desapontante”.

“Esta era a nossa grande esperança para o Natal de 2020 e agora parece que não vai acontecer”, disse.

A ideia foic riada por Michael Caputo, o antigo porta-voz do Departamento de Saúde e de Serviços Humanos. Em agosto, Caputo disse a Ric Erwin que a vacina seria aprovada a meio de novembro e que seria distribuída aos trabalhadores da linha da frente no dia de Ação de Graças, a última quinta-feira de novembro.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

domingo, 25 de outubro de 2020

Sandy contra o bullying alerta: “acho importantíssimo falar disso sempre”

 

foto: instagram

Sandy usou a sua conta do instagram para falar a respeito de um assunto importante com os fãs.

Acantora usou a rede social parar mostrar uma foto onde estava com uma camisola de combate ao bullying. 

Na legenda pode ler-se: “20 de outubro foi o ‘Dia Mundial de Combate ao Bullying’, mas eu acho importantíssimo falar disso sempre; principalmente em tempos de redes sociais, onde se normalizaram a grosseria, a falta de respeito e de consideração’.

“Onde parece ter sido esquecido que não é só o que se fala, mas como se fala. Onde, aparentemente, aceitar que nem sempre a gente entende a dor do outro e respeitar isso nem passa pela cabeça de muita gente”, prosseguiu.

Por fim, encerrou: “Se pra adulto é puxado, já parou pra pensar no psicológico das crianças e adolescentes? Não é legal! Não tem graça! Não faça!”.


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt

sábado, 24 de outubro de 2020

Português recebe medalha da rainha Isabel II

 

foto: https://magg.sapo.pt/

Maciel Vinagre chegou ao Reino Unido aos 18 anos, para trabalhar num restaurante e aprender a língua inglesa e “tentar uma vida melhor”.

Começou como empregado de limpeza no hospital de Ashford em 1997 e chegou ao atual posto de diretor adjunto em 2011. 

Hoje lidera cerca de 200 pessoas, entre os quais 30 portugueses. 

“Gosto do Reino Unido porque aqui dão valor à experiência, a pessoas dedicadas e empenhadas e menos aos títulos académicos. Reconhecem o mérito próprio”, disse à Lusa.

Maciel Vinagre, é madeirense de 45 anos, natural de São Vicente que foi um dos trabalhadores do serviço de saúde público britânico (NHS) reconhecido na lista deste ano de condecorações pelo aniversário da Rainha por serviços prestados durante a pandemia com a Medalha do Império Britânico (‘British Empire Medal’, designada pelo título BEM).

Estava no escritório e recebi um email do ‘Cabinet Office’ [ministério do Governo] a dizer que tinha sido distinguido na lista da Rainha. No princípio pensava que era mentira, só pode ser engano. Os meus colegas disseram-me para apagar porque podia ser fraude”, contou, entre risos, à agência Lusa.

“Nunca na vida pensei que poderia receber uma medalha destas”, confiou, ainda incrédulo, o diretor adjunto dos serviços de limpeza e restauração dos hospitais de Ashford e de St. Peter’s, no sudoeste de Londres, perto do aeroporto de Heathrow. 

A nomeação para a insígnia foi feita por colegas e superiores pelo “conhecimento e criatividade” que demonstrou para prevenir e conter a infeção pelo novo coronavírus dentro dos hospitais e proteger não só os doentes, mas também funcionários, introduzindo novas tecnologias e produtos.

O diretor médico dos hospitais, David Fluck, elogiou o português pela “forte liderança durante toda a pandemia numa equipa que desempenhou um papel fundamental na redução do risco de transmissão da covid-19 nos nossos hospitais”. 

“[Vinagre] introduziu mudanças na maneira como mantemos a limpeza dos nossos hospitais daqui para frente, o que vai proteger muitos pacientes e funcionários de perigo, mesmo após o fim da pandemia”, afirmou este responsável.

Uma das inovações foi a contratação de uma empresa especializada em desinfestação para aplicar através de vapor um produto desinfectante que encontrou e que mantém as superfícies livres de vírus e bactérias durante 30 dias.  

“Era um produto novo no mercado e não sabíamos se era eficaz. Mas contratámo-los para descontaminarem desde corredores a casas de banho e escadas em turnos de 24 horas por dia. Valeu a pena, o hospital tem uma das taxas de mortalidade mais baixas da zona”, congratulou-se. 

O português deparou-se com outro desafio quando, em plena crise, a enfermeira chefe pediu uma solução que permitisse esterilizar máscaras de proteção dos profissionais de saúde para serem reutilizadas porque não sabia se ia receber um novo abastecimento, uma situação que afetou vários hospitais no Reino Unido. 

“Mandei fazer uma linha tipo de secar roupa, pendurámos máscaras e esterilizámos 500 em três dias com luzes ultravioleta. Felizmente não foi preciso porque chegaram novas, mas se fosse preciso estava o processo pronto”, contou Vinagre à Lusa.

O português também foi elogiado pela forma como conseguiu recrutar rapidamente trabalhadores para compensar as ausências e também pela forma responsável e sensível como soube motivar os empregados de limpeza numa altura em que muitos estavam preocupados com o risco que eles próprios corriam. 

“Ele nunca quis ir para casa, quis continuar sempre a trabalhar. Esteve três semanas nos cuidados intensivos. Foi muito complicado porque os colegas ficaram com mais medo. Mas fizemos uma missa com um padre e a diretora teve uma reunião com os empregados para motivá-los e conseguimos”, explicou.

Só existem dois portugueses que foram agraciados pela Rainha Isabel II: a pintora Paula Rego, ordenada em 2010 Dama Oficial da Ordem do Império Britânico, e Lino Pires em 2013, proprietário de um restaurante, com uma BEM por serviços prestados à comunidade ao angariar fundos para causas sociais. 


Faça download da nossa app em:

(Android)
https://play.google.com/store/apps/details?id=tuganet.virtues.ag.appradio.pro

(Apple)
https://apps.apple.com/us/app/r%C3%A1dio-tuganet/id1478414062?l=pt